Ossos para cães: Confira por que você deve evitar

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os tutores devem evitar oferecer ossos para cães. Veja os perigos que esse alimento pode causar

O senso comum é algo que pode ser perigoso na criação de um patudo. Por exemplo, em desenhos, filmes e até em propagandas, vemos, muitas vezes, cachorros se deliciando com ossos. Esse alimento, entretanto, não é recomendável para os pets. Por conta disso, criamos este artigo para mostrar por que não é indicado oferecer ossos para cães.

Esse tipo de alimento produz desgaste dental e pode ocasionar fraturas no animal doméstico. Além disso, ossos para cães podem causar lesões na língua, prejudicar o paladar do pet e até ajudar na formação de chagas e úlceras. Esses, porém, são os menores dos perigos quando falamos de ossos para cães.

Baixe agora o novo e-book “8 Maneiras de Ajudar Cães Abandonados”

Caso uma lasca do alimento escape enquanto o cão esteja comento, esse pedaço pode perfurar o esôfago do animal. Caso isso aconteça, o pet, muito provavelmente, terá que passar por uma intervenção cirúrgica.  Outro grande perigo é o fato de os cachorros, em algumas ocasiões, engolirem o osso inteiro. Esse alimento pode obstruir a traqueia ou o intestino, o que pode causar a morte do animal.

Após você conhecer esses perigos, sempre deixe esse tipo de alimento fora do alcance do seu patudo. Uma boa dica para isso é colocar os sacos de lixos, com restos de comida, em locais onde o cachorro não tenha acesso. Oriente a sua família e os seus amigos a não oferecerem ossos para cães.

Caso você queira dar ossinhos para o seu pet, há, no mercado, muitos produtos com materiais seguros para o seu cachorro mastigar. Converse com o seu veterinário e veja com ele quais são os mais adequados para o seu patudo.

 

 

Comente com Facebook